IBERBONSAI.pt ::
ContactosContactos
CarrinhoQtd:
0
Total:
€ 0,00
Entrar no Carrinho
Carrinho de Compras
0
Carrinho Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA
Icon

ÁREA DE CLIENTE

963 907 899

SAIBA MAIS
Icon

NOVIDADES

Conheça as nossas novidades

Icon NEWSLETTER
ilex aquifolium em bonsai

Ilex Aquifolium em bonsai

O ilex aquifolium ou Azevinho é uma planta endémica ou seja Nativa, significa que vive há muito tempo numa determinada área geográfica.

 

O bonsai ilex aquifolium pertence à familia Aquifoliaceae.

 

É de origem europeia e vive desde a Escandinávia até ao Cáucaso, passando pela península Ibérica e pelo Norte de África.

 

É muito resistente e pode suportar temperaturas tão baixas como 15ºC negativos, mas em bonsai é aconselhável protegê-lo a partir de 5ºC negativos e abrigá-lo em caso de temperaturas mais baixas.

 

O ilex aquifolium ou azevinho tem um grande valor simbólico, especialmente na religião, porque as suas folhas são sempre verdes, o que lhes confere um símbolo de eternidade ou imortalidade, da promessa da Primavera devido às suas bagas vermelhas brilhantes, que é o símbolo da luz e do sangue derramado na cruz, razão pela qual é uma tradição nas celebrações de fim de ano na época do Natal.

 

Esta tradição levou à exploração descontrolada do ilex nas nossas florestas para fins comerciais, provocando o desaparecimento desta árvore no seu estado natural.

 

No entanto, é agora proibido colher ramos ou mesmo plantas no ambiente natural, uma vez que o ilex aquifolium se tornou uma planta protegida.

 

É protegido por lei, com o decreto-lei nº 423/89 de quatro de Dezembro que proíbe a colheita dos ramos e o corte no meio natural (fonte ICNF Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas).

 

Ao comprar plantas de ilex, é importante garantir que estas não provêm do ambiente natural, mas sim de viveiros autorizados a reproduzir e comercializar esta planta.

 

Para além do ilex aquifolium, que nos interessa neste artigo devido ao seu notável fruto, existem muitos outros ilex na natureza, tais como:

- o ilex serrata, que tem folhas caducas que ficam amarelas no Outono e tem flores rosa vivo;

- o ilex opaca, chamado "Azevinho Americano", cujas folhas verdes amareladas perenes não picam;

- o ilex verticillata ou "Azevinho Verticillata", com uma folha caduca finamente dentada e pontiaguda;

- o ilex cornuta, com uma folha perene muito angular com cinco espinhos e grandes frutos vermelhos agrupados por três e que são tolerantes ao calor;

- o ilex decidua, com folhas caducas verdes escuras, serrilhadas mas sem espinhos e belos frutos vermelhos alaranjados;

- o ilex Golden King com as suas folhas largas, espessas, escassamente espinhosas, verdes escuras com uma larga borda amarela, mas com frutos fracos de cor coral;

- o ilex Crenata "convexa" que é uma variedade feminina com as suas folhas brilhantes e encaracoladas e a particularidade de produzir frutos pretos.

 

O ilex aquifolium, que também é muito abundante nas regiões do Norte, é uma árvore que pode crescer até vinte metros de altura na natureza.

 

Vivendo principalmente em altitudes de até mil e quinhentos metros, o ilex aquifolium pode facilmente viver por mais de cem anos.

 

A curiosidade desta espécie reside no facto de existirem indivíduos machos e fêmeas, de facto os sexos são separados e isto faz dela uma espécie chamada dióica, mas são sempre as fêmeas que produzem as bagas que, essas bagas são tóxicas.

Em princípio, as árvores masculinas têm folhas bonitas e espinhosas, enquanto as árvores femininas têm folhas mais arredondadas.

 

A seguir algumas variedades de ilex aquifolium:

 

- Alaska ou Azevinho do Alaska verde, um arbusto de folha perene, fêmea com folhas espinhosas e abundantes bagas vermelhas brilhantes;

- Ferox Argentea, folhagem verde-creme sempre-verde, mas muito espinhosa;

- Golden Van Tol, folhagem perene verde-amarelado, bagas vermelhas;

- Handsworth New Silver, folhagem branca perene, fruto vermelho;

- Madame Briot, folhagem verde-amarelado perene, fruto vermelho;

- Myrtifolia, folhagem verde perene, fruto vermelho;

- Pyramidalis, folhagem perene, frutos vermelhos;

- Silver Queen, folhagem verde-creme perene, fruto vermelho.

 

Contudo, existem agora variedades cultivadas e híbridos que são monóicas, ou seja, têm flores tanto masculinas como femininas na mesma planta.

O bonsai ilex aquifolium é de crescimento muito lento, tem folhas simples que vão do verde claro ao verde escuro, perenes, ovais, dentadas e espinhosas, brilhantes na parte superior.

O seu tronco é cinzento e liso, tornando-se àspero com a idade.

Produz um pequeno cacho de flores, branco ou branco rosado, muito perfumado, desde o início de Abril até Julho- Agosto. Geralmente encontrados nas axilas foliares no final dos ramos.

 

O fruto é uma baga vermelha brilhante com até um centimetro de diâmetro e contém três a quatro sementes, persistindo durante todo o inverno.

 

As bagas são muito apreciadas pelos pássaros no Inverno, especialmente os melros.

 

Cuidado, as bagas de azevinho são venenosas para os humanos, especialmente para as crianças, que devem ser supervisionadas no jardim ou num parque da cidade, porque mesmo os caules e as folhas podem ser venenosos, e é por isso que o azevinho tem folhas com espinhos para evitar o contacto.

 

Apenas duas bagas são suficientes para causar envenenamento grave, resultando em salivação severa, vómitos, diarreia, sonolência e convulsões.

 

Mais uma vez, é extremamente importante supervisionar as crianças, especialmente quando o ilex tem bagas maduras, para garantir a sua segurança.

 

É uma árvora resistente à poluição e por isso indispensável como árvore de bonsai, mesmo que se viva na cidade ou em grandes aglomerados.

 

A sua madeira branca-acinzentada é muito dura e densa com um grão fino e é utilizida na confecção de maquetas. Quando polido, a madeira do azevinho parece-se com marfim e pode ser facilmente colorido.

 

As suas folhas podem ser utilizadas como planta medicinal, pelas suas propriedades diuréticas.

 

A propagação do ilex aquifolium pode ser feita por sementeira na primavera, depois de ter passado por uma estratificação a frio a três - cinco graus durante um ano.

Para informação, um grama de sementes contém cerca de cem sementes, a taxa de germinação é de 35% nas melhores condições.

 

Ler artigo sobre a sementeira do bonsai.

 

Também por alporquia por via aérea na primavera, mas a forma mais fácil é de estaquia, o que pode ser feito de meados de Agosto até ao final de Setembro com estacas semi-lenhosas, ou seja com madeira madura.

O bonsai ilex aquifolium teme ventos frios, pelo que se recomenda abrigá-lo durante o Inverno, especialmente nas áreas mais expostas.Suporta bem a semi-sombra.

 

Pode resistir a podas severas, mas é melhor podar no final do Verão.

 

A aramação é difícil devido às suas folhas espinhosas, sendo mais fácil aproveitar a altura da desfoliação para colocar o arame.

 

O bonsai ilex aquifolium não é exigente quanto à qualidade do solo, aceita todos os tipos de solo, mas não demasiado seco. Por conseguinte, a akadama é muito adequada, sendo o transplante feito como para a maioria dos bonsais de três em três ou de quatro em quatro anos, apenas quando o bloco de raízes estiver bem formado.

 

Na Primavera, o ilex aquifolium renova as suas folhas, as velhas ficam amarelas e caem e são substituidas por novas, este é um fenómeno normal que não requer qualquer intervenção da nossa parte.

 

O bonsai aquifolium é sensível a cochonilha e phytophtora.

A cochonilha ou bicho farinhento é um insecto envolto no que parece ser algodão e esconde-se nas partes mais inacessíveis do bonsai.

 

Phitophtora é uma doença fúngica que se instala normalmente no final do Verão e cujos sintomas de infestação são manchas nas folhas que as fazem cair e o bonsai pode até morrer.

 

O bonsai ilex aquifolium é importante numa colecção.

 

A sua floração atrai insectos polinizadores e abriga muitos insectos auxiliares sem nunca estar infectado, por isso é um óptimo aliado, um defensor natural das nossas árvores.

 

Ao fazer o transplante, devemos escolher um vaso de cor creme ou de cor azul para contrastar e ressair a tonalidade das bagas vermelhas do ilex.

 

Ler artigo sobre o transplante do bonsai

 

O estilo mais apropriado para o bonsai ilex aquifolium é estilo vassoura ou seja estilo Hokidashi, sendo o Moyogi ou o estilo direito informal mais adequado para o ilex microphylla ou crenata por causa das suas folhas mais pequenas.

 

 

 

📆 publicado em 07-01-2022

 

 

Topo
Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2022

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1 UA-144250790-1