IBERBONSAI.pt ::
ContactosContactos
CarrinhoQtd:
0
Total:
€ 0,00
Entrar no Carrinho
Carrinho de Compras
0
Carrinho Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA
Descoloração das folhas do bonsai

 

Descoloração das folhas do bonsai.

 

 

Entre muitas dificuldades que surgem no crescimento do nosso bonsai, muitas vezes deparamo-nos com problemas de descoloração das folhas e não sabemos exactamente a razão pela qual está a acontecer.

 

A descoloração das folhas do bonsai pode ser uma doença, uma deficiência ou um processo natural, não é necessáriamente um problema, só temos que saber porque acontece e sobretudo o momento em que sucede para não tomar uma decisão precipitada e errada.

 

A nossa primeira preocupação deve ser encontrar o motivo.

 

Isto é o que precisamos de descobrir, prestando atenção ao comportamento do nosso bonsai e especialmente a época e ao momento em que a descoloração tem lugar.

 

Como descobrir a causa da descoloração das folhas do bonsai?

 

1- Por doença que pode ser a clorose.

 

A clorose, do grego chloros que significa amarelo esverdeado, é uma doença fisiológica da planta manifestada por uma descoloração das folhas devido a problemas na produção de clorofila, muitas vezes ligada a uma falta de nutrientes ou a utilização de um substrato de má qualidade.

 

Algumas dicas para identificar o problema:

 

- facilmente reconhecíveis por uma descoloração progressiva do verde para o amarelo, visível nas folhas jovens, enquanto as veias são verdes quando se trata de uma deficiência de ferro.

- pelo contrário, se a clorose atacar as folhas mais velhas, é uma deficiência de fósforo.

- se as folhas ficarem amarelas e depois castanhas e caírem, é uma deficiência de magnésio.

 

Como todas as plantas, o bonsai extrai do substrato, nutrientes básicos e essenciais como:

 

- N.P.K. que são macro nutrientes primários e são necessários em grandes quantidades pelo bonsai.

 

Cada letra tem o seu significado:

N  representa o azoto que favorece o crescimento e a coloração da folhagem;

P  simbolisa o ácido fosfórico que melhora o crescimento radicular e aumenta a floração bem como a frutificação;

K  significa o potássio que ajuda na assimilação do azoto e é um factor essencial na defesa natural do bonsai.

 

A seguir encontramos os macro nutrientes secundários que são necessários em quantidades menores, como:

 

 - o cálcio que é um constituinte essencial das paredes celulares fornecendo uma barreira de protecção à entrada dos agentes patogénicos.

 

- o magnésio, que é um dos principais componentes da clorofila e ajuda na fotossíntese e no crescimento.

 

- o enxofre é igualmente um constituinte importante da clorofila e intervém na formação das sementes.

 

E agora temos que acrescentar os micro nutrientes que são necessários em quantidades reduzidas, mas são indispensáveis como:

 

 - o ferro que favorece a produção de clorofila;

 

- o boro que é o elemento primordial no transporte das substancias e melhora a capacidade de retenção do substrato. Também tem um papel relevante na frutificação e no desenvolvimento das sementes;

 

- o zinco que favorece a produção de brotos e das hormonas de crescimento, todos eles necessários e imprescindíveis para o crescimento do bonsai.

 

Ler artigo sobre a fertilização do bonsai.

 

Se algum destes elementos faltar no substrato ou não puder ser assimilado pelo bonsai por várias razões, tais como a escolha errada do substrato, a fotossíntese, que é o mecanismo de produção da clorofila não for suficiente, impedindo assim que o bonsai cresça normalmente.

 

É por isso que recomendamos sempre a utilização de um bom substrato como akadama, substrato com todas as qualidades necessárias para alimentar com toda a segurança o bonsai.

 

Ler artigo sobre o substrato akadama para bonsai

 

2 - problemas de irrigação:

 

A rega excessiva reduz o fluxo de oxigénio no substrato, impedindo que as raízes cresçam, as folhas tornam-se amarelas e o bonsai pode eventualmente acabar por morrer.

 

A falta de água pode também fazer com que as folhas fiquem amarelas, neste caso morrem ainda mais depressa do que com o excesso de água.

 

A qualidade da água tem um papel relativamente importante.

A melhor água é sempre água da chuva, mas se não tiver possibilidade de recuperá-la pode utilizar água de furo ou de poço se for controlada e livre de bactérias. A seguir temos possibilidade de comprar e utilizar água engarrafada e por fim a água da rede pública, longe de ser a melhor, mas caso seja a única solução é aconselhado deixá-la repousar pelo menos durante dois a três dias para eliminar o cloro que pode provocar a descoloração das folhas.

 

Ler artigo original sobre como regar o bonsai.

 

3- exposição incorrecta:

 

Se o bonsai estiver num local exposto a correntes de ar ou mudanças bruscas de temperatura, também pode causar folhas amareladas.

 

Em casa e atrás do vidro da janela, no verão é fácil o sol queimar as folhas do bonsai se estiver exposto directamente aos raios do sol. Neste caso as folhas secam por completo e o bonsai pode até morrer se não for regado em abundância logo a seguir.

 

O frio no inverno pode provocar queimaduras nas folhas que ficam amarelas e castanhas. Aconselhamos proteger qualquer bonsai a partir dos três graus negativos com turfa ou palha ou melhor ainda resguardá-lo num local abrigado do gelo durante a noite. Excepto o bonsai dito de interior que não pode sofrer temperatura inferior a doze quinze graus.

 

 

4- um processo natural:

 

O bonsai como outras árvores, adapta-se às mudanças de estações.

A árvore é um organismo vivo capaz de mudar a sua estrutura tanto interna como externamente de acordo com as estações do ano e o clima.

 

A cor das folhas é o resultado da produção de vários pigmentos associados a muitas funções fisiológicas, tais com a fotossíntese.

 

A partir do fim do Verão, de facto, quando os dias são mais curtos e especialmente menos quentes, a vegetação diminui de intensidade e a seiva deixa de transportar os açúcares inicialmente produzidos pela fotossíntese.

 

O bonsai está preparar-se para o Inverno e entra em estado de dormência. O objectivo é proteger os seus botões que podem estar ameaçados pelo frio.

 

A isto chama-se o descanso vegetativo.

 

Ler artigo original sobre o repouso do bonsai.

 

Existem vários pigmentos nas folhas, tais como clorofilas, carotenoides e antocianinas.

 

Os carotenoides coloram as folhas de cor amarelo-alaranjado.

 

As antocianinas são responsáveis pela cor rosa-avermelhado da maioria das pétalas de flores, os frutos e todas as folhas vermelhas no Outono.

 

As antocianinas desempenham um papel protector, protegendo as folhas da radiação UV.

 

Sabemos que a clorofila é responsável pela cor verde das folhas, mas no final do Verão a maioria das árvores caducas perdem a sua cor verde e passam por cores espectaculares que podem variar entre o amarelo avermelhado e o castanho.

Notavelmente admirável no acer palmatum e o acer buergerianum, e sobretudo no liquidambar styraciflua.

 

A clorofila desaparece enquanto outros pigmentos como os carotenoides, que estão presentes nas folhas todo o ano, ainda não desapareceram.

 

 

A descoloração das folhas do bonsai é um processo natural

 

 

Este processo natural ocorre quando as horas de luz começam a diminuir e as temperaturas, especialmente à noite, começam a descer.

 

As árvores segregam tampões tipo pequenas rolhas de cortiça que chegam aos caules das folhas para cortar a seiva na base do próprio caule.

 

Quando o teor de clorofila diminui, a sintese de antocianinas que é responsável pela cor vermelha das folhas aumenta e mais tarde a folha morre e cai, excepto no carpinus betulus e carpinus coreano, caso em que as folhas secam, mas permanecem presas à árvore até as novas folhas aparecerem na Primavera.

 

Ler o artigo sobre o bonsai carpinus.

 

Na Natureza, as folhas mortas são encontradas no solo e uma vez decompostas fornecem o húmus necessário para a Primavera seguinte.

 

📅 actualizado em 08-01-2023

 

Topo
Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2023

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1 UA-144250790-1