IBERBONSAI.pt ::
ContactosContactos
CarrinhoQtd:
0
Total:
€ 0,00
Entrar no Carrinho
Carrinho de Compras
0
Carrinho Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA
bonsai e estações do ano

 

O bonsai e as estações do ano

 

Em cada momento do ano e em cada mês temos algo a fazer no nosso bonsai.

 

É importante respeitar a Natureza e as estações do ano, pois o sucesso do bonsai depende delas.

 

A cada estação do ano temos de intervir no bonsai.

 

O Inverno.

 

O Inverno não é a época menos bonita para as árvores, pelo contrário, é a época principal para apreciar a estrutura das árvores de folha caduca.

De facto, sem as folhas é mais fácil contemplar os ramos e todos os galhos até ao mais pequeno, como é o caso do carpinus coreano com a sua silhueta extrafina.

 

Ler artigo sobre o bonsai carpinus coreano.

 

O Inverno é a época para realizar a poda de estruturação, que é a poda mais severa que pode ser realizada numa árvore, aproveitando o tempo em que não há vegetação, pois a seiva está parada e o corte de um ramo não terá efeito directo imediato no crescimento da árvore, só na primavera, na altura do desabrochar, poderemos verificar se os brotos localizados abaixo da poda que fizemos começam a brotar, daí a extrema importância de escolher o local certo para cortar com sabedoria.

 

Nota:

Ttanto no Inverno como na Primavera, após cada corte e especialmente se for feito num ramo grande, deve ser aplicada sem hesitação uma pasta de protecção. O objectivo da pasta cicatrizante é formar uma barreira protectora para evitar que a seiva escorra e se perca  e também para impedir a entrada de parasitas como fungos ou qualquer outra doença fúngica.

Ler artigo sobre a cicatrização do bonsai

 

No Inverno é igualmente o momento de proteger o bonsai do frio quando a temperatura cai abaixo dos cinco graus negativos com a ajuda de musgo, palha ou de turfa que é colocada no torrão e cobrindo os primeiros vinte centímetros dos ramos a partir do solo.

 

Nas regiões mais frias, é melhor abrigar o bonsai num lugar livre de geadas.

 

Cuidado com a qualidade do vaso, que, por ser fraco ou de baixa qualidade, facilitará que as raízes sejam queimadas pela geada.

Um vaso de grès resistente ao gelo é altamente recomendado em áeras onde o Inverno é rigoroso.

 

Também nos devemos relembrar que algumas espécies, tais como ficus e carmona, não suportam de todo o frio, pelo que, como medida de precaução, não devem ser deixadas no exterior no Inverno quando a temperatura desce abaixo dos dez ou doze graus.

 

O Inverno é também o momento para limpar os ramos do bonsai, porque sem folhas é muito mais fácil aceder, utilizando uma escova de nylon, para remover o musgo que se desenvolve nos ramos.

 

Nota:

Mesmo no Inverno devemos ter o cuidado de monitorizar a rega, por vezes temos várias semanas seguidas sem chuva e com humidade relativamente baixa, é então apropriado regar de vez em quando para evitar que o substrato seque em demasia e conduza à morte do bonsai.

 

Fique atento à superfície do torrão, pois por vezes os buracos no vaso ficam tapados por alguma razão, ou o substrato é demasiado compacto ou uma raiz invadiu o buraco e a água já não drena. Quando isto acontecer, retire imediatamente o bonsai do vaso e corrija o problema.

 

Da mesma forma e por razões de segurança, é aconselhável de vez em quando retirar o bonsai do seu vaso para garantir que não fique água no fundo, o que provocaria o apodrecimento das raízes ao longo do tempo. De facto, alguns vasos de baixa qualidade não tem um fundo muito plano ou um declive suficiente para a água escoar através dos furos. Este é igualmente um bom momento para verificar a saúde das raízes e que nenhuma praga se instalou.

 

Curiosidade:

Em Outobro é possível podar as agulhas dos pinheiros negros e encurtá-las até dois milímetros de comprimento, o que reduzirá o seu tamanho ao longo dos anos.

 

Importante:

Durante um mês, por exemplo em Outubro, devemos deixar de adicionar fertilizante, líquido ou sólido, a fim de deixar o bonsai descansar.

Só a partir de Novembro é que devemos recomeçar a utilizar fertilizantes orgânicos como o biogold.

 

O Inverno é também a época de transplante para a maioria dos bonsais, em particular para as árvores de folha caduca, para as coníferas esperamos até o final do Inverno e início da Primavera. Para o bonsai dito de interior ou tropical, é melhor esperar até ao início de Março.

 

Ler artigo sobre o transplante do bonsai.

 

A Primavera.

 

A Primavera é uma época notável para todas as plantas na natureza e o bonsai não é excepção. As flores começam a aparecer à medida que os dias se tornam mais longos e a temperatura mais quente. Esta é a época em que a maioria das espécies como azáleas, cotoneaster, pyracantha, macieira, eugenia, magnólia, crateagus, prunus, forsythia entre outras floresce.

 

Muito trabalho na Primavera, pois é nesta altura que começa a rega, que é mais ou menos copiosa, dependendo das condições atmosféricas e do nível de humidade do ar.

A partir de Fevereiro, é adicionado regularmente fertilizante líquido para estimular o crescimento do bonsai, pelo menos até ao final de junho e depois, durante o Verão, podemos reduzir esta adição para metade. Lembre-se que o bonsai aprecia o biogold líquido pelo menos uma vez por mês.

 

Conselho:

Evitar de regar ou pulverizar água nas flores para não comprometer a frutificação, pois uma flor danificada não dará frutos.

 

É a época de início da poda de manutenção, devido ao fornecimento regular de fertilizante, o crescimento é muito activo e torna-se, portanto, essencial efectuar podas frequentes para manter a silhueta original do bonsai.

 

Claro que a monda também começa e podemos tirar partido da limpeza da parte superior do torrão do bonsai com uma ferramenta que vai ao mesmo tempo arejar o solo, reduzindo a evaporação e poupando água para a rega.

Ver os nossos ancinhos.

 

Dica:

Se queremos que nasçam novos botões e que o ramo cresca, aproveitamos o início da Primavera para remover as agulhas mais velhas no pinus nigra ou pinus thunbergii.

 

A primavera é também a época da sementeira. Em Março-Abril muitas espécies podem ser semeadas directamente, algumas após passarem algum tempo em estratificação, outras podem ser semeadas sem quaisquer condições prévias.

 

Ler artigo original sobre a sementeira do bonsai.

 

Este é igualmente o momento de fazer alporquia em árvores saudáveis, escolhendo naturalmente os melhores ramos para este fim.

 

 

O Verão.

 

O Verão é a época mais temida para o bonsai.

 

Quando falamos do Verão, pensamos sempre nas férias e é aqui que surge o maior problema para os proprietários de bonsais. O que fazer?

Pedimos a um membro da família ou amigo que regue o nosso bonsai? Ou deixá-lo com alguém em que confiamos?

O Verão é o período em que o bonsai necessita dos cuidados mais especiais, nomeadamente em termos de rega. A rega é praticamente diária e mesmo duas vezes por dia por vezes em períodos de grande calor, depois em termos de sombra, porque exposto durante demasiado tempo ao sol e sem água suficiente, o resultado é rápido, é a morte do bonsai.

 

O sombreamento deve ser feito das onze horas da manhã até ao final da tarde por volta das dezassete horas.

 

Dica:

Evite sombrear o pinus mugho mughus, caso contrário perde força e as agulhas tornam-se cada vez mais fracas. Este pinheiro adora o sol durante todo o ano.

 

Ler artigo original sobre o sombreamento do bonsai.

 

Muitas pessoas queixam-se deste problema e o Verão é uma época temida pela perda de muitos bonsais.

 

É melhor deixar as árvores nas mãos de profissionais do que correr o risco de perder parte de uma colecção que custou tanto a obter.

 

Além da sombra e da rega, no Verão deve continuar a fornecer fertilizante, que é o alimento do bonsai. Mesmo que seja apenas de duas em duas semanas é essencial.

 

A poda regular dos rebentos jovens também deve ser feita mais ou menos uma vez por semana, quanto mais este trabalho for negligenciado, mais difícil será recuperar a silhueta original do bonsai.

 

O Verão é a época dos frutos, figos, maçãs, azeitonas, amoras, etc...

 

 

A monda é também uma tarefa a não esquecer para manter o torrão limpo, o excesso de erva pode dificultar a absorção de água durante a rega e tornar mais difícil o arejamento do solo.

 

Verificar a presença de pulgões, cochonilha, ácaros ou fungos como o oídio, antracnose, olho de pavão, etc...

 

O Outono.

 

O Outono é tão maravilhoso como a Primavera. A diminuição da temperatura tanto de dia como de noite e os dias mais curtos atrasam a actividade das árvores e preparam-nas para o que se chama a dormência de Inverno.

 

Este é o momento em que as folhas vão mudar de cor, especialmente as mais espectaculares como o liquidambar, o acer palmatum e o acer buergerianum. Na Natureza temos o mesmo espectáculo em floresta de folhosas onde as folhas mudam de verde claro para amarelo e depois vermelho alaranjado, um momento magnífico que podemos apreciar numa colecção de bonsai, pelo que as árvores de folhas caducas são indispensáveis.

Ler artigo sobre a descoloração das folhas do bonsai.

 

Fique sempre atento à rega, uma vez que dias sucessivos sem chuva podem levar à secagem do substrato, no Outono ainda temos por vezes temperaturas elevadas que nos obrigam a manter uma atenção redobrada sobre a rega.

 

Estações do ano e o bonsai.

 

Desde o início do Outono até ao fim da Primavera, podemos aramar os pinheiros com arame de alumínio anodizado.

Poderá descobrir mais informações sobre os cuidados do bonsai no nosso blog do bonsai.

 

 

 

Topo
Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2023

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1 UA-144250790-1