sombreamento do bonsai
IBERBONSAI.pt ::
Contactos
Qtd:
0
Total:
€ 0,00
Carrinho de Compras
0
Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA
sombreamento do bonsai

 

 

Sombreamento do bonsai

 

A luz solar é essencial para as plantas, para que elas possam fazer a fotossíntese.

 

A função principal das folhas ou das agulhas no caso dos pinheiros é a fotossíntese e a respiração. A folha absorve a água, a luz e o dióxido de carbono e liberta oxigénio que beneficia o mundo animal.

 

A fotossíntese é uma reacção bioquímica cujo objectivo é criar energia sob a forma de hidratos de carbono a partir da energia do sol. A folha é o principal centro de troca de gases e ao mesmo tempo, regula a perda de água em tempo quente, fechando os estômatos. É um verdadeiro laboratório vivo onde a seiva bruta é transformada em seiva elaborada.

A importância do sombreamento do bonsai

 

A folha é portanto o elemento principal e insusbstitúivel da árvore de bonsai e devemos fazer tudo para a proteger e ajudar a cumprir a sua missão.

 

Em primeiro lugar, devemos comprender a importância e o funcionamento dos raios solares, que são utilizados para a fotossíntese ou a assimilação do dióxido de carbono do ar e o fábrico de compostos de carbono vegetais.

 

A radiação solar também desempenha um papel importante na regulação do crescimento e desenvolvimento do bonsai, como o foto periodismo, ou seja, a influência da duração do dia e da noite, e a fotomorfogénese, ou seja o cunjunto de fenómenos induzidos pela luz que modificam a forma e a cor das folhas de bonsai utilizando pequenas quantidades de energia em comparação com a fotossíntese.

 

A radiação solar é o factor meteorológico mais directo e importante que afecte o crescimento e desenvolvimento do bonsai. A radiação solar que atinge o solo inclui a ultravioleta, que é toda a luz com um comprimenta de onda inferior à violeta e inferior a 400 nanómetros, e a infravermelha, que inclui toda a luz com um comprimento de onda superior à vermelha ou seja, 800 nanómetros. A parte mais importante do espectro solar para a vida das plantas é a luz visível.

 

Um fotão ultravioleta, conhecido como fotão de onda curta, contém muito mais energia do que um fotão infravermelho, conhecido como fotão de onda longa.

 

A luz ultravioleta tem um efeito positivo no bonsai, assegurando uma melhor coloração da folhagem e melhorando a resistência às doenças e infestações por pragas, mas em doses elevadas pode prejudicar a fotossíntese e causar danos visíveis no bonsai. É por isso que precisamos de utilizar uma rede de sombra ou outra protecção para evitar este tipo de problemas.

 

A luz infravermelha é muito importante para o bonsai, especialmente devido ao papel que desempenha no alongamento dos caules. O infravermelho não é utilizado para a fotossíntese mas pelo seu efeito de aquecimento. Embora este efeito seja desejável e bem-vindo, em excesso torna-se um problema, quando a temperatura do bonsai sobe excessivamente, a fotossíntese pára e os danos são catastróficos. Daí a importância do sombreamento nos meses mais quentes.

 

Como acabámos de ver, o sombreamento não é apenas uma questão de princípio, mas um elemento básico no cultivo do bonsai, tal como a rega, o substrato, o transplante e a poda.

 

O bonsai é ainda mais sensível no verão, por viver num vaso pequeno, especialmente se a sua qualidade não for a melhor e as paredes forem relativamente finas e o grés poroso, caso em que as raízes sofrerão e sentirão o calor, que pode mesmo cozê-las em casos extremos. Mesmo que reguemos copiosamente, podemos piorar as coisas, pois a água aquece mais rapidamente que o solo e as raízes serão destruídas ainda mais rapidamente.

 

Em conclusão, é óbvio que devemos proteger o vaso e o nosso bonsai do sol e das temperaturas extremas.

 

O sol e especialmente o raio ultravioleta, como no caso dos seres humanos, devem ser cuidadosamente monitorizados. Os humanos sofrem com as queimaduras solares por estarem expostos durante demasiado tempo durante as horas mais críticas, quando o indice UV é muito elevado, razão pela qual inventámos os cremes de protecção solar.

 

No bonsai temos o mesmo problema, sem qualquer protecção, as folhas mais sensíveis sofrerão queimaduras graves, sobretudo depois da poda, quando expomos as folhas jovens ao sol. O resultado de uma queimadura de uma folha pode ser mais ou menos intenso, variando desde de uma ligeira descoloração, com uma mancha clara a aparecer na folha, até à queimadura total de uma parte da folha, caso em que a mancha é castanha.

 

Queimaduras sobre folha de bonsai ginkgo biloba

 

Recomendamos, pelo menos entre as 11 e as 17 horas a utilização de uma rede de sombra de 40 a 50%, ideal para reduzir a luz solar directa.

A rede de sombra impede o sobreaquecimento e protege o bonsai de queimaduras, da descoloração e da seca.

É portanto, importante proporcionar uma boa protecção.

 

Para Acer, podemos adicionar uma segunda rede de mais ou menos 15 a 20% em Julho e Agosto, uma vez que o Acer é muito sensível ao sol e as suas folhas, principalmente nas pontas, queimam facilmente.

 

Não confundir rede de sombra com rede de ocultação, esta última tem um elevado nível de protecção UV, mas ao contrário da rede de sombra, é completamente opaca. Se escolher uma rede de ocultação, que é mais económica do que uma rede de sombra, o bonsai terá muito pouca luz para crescer.

 

Existe também uma rede prateada que proporciona uma protecção eficaz contra os raios UV, frequentemente utilizada como tela térmica e também como rede quebra-ventos, mas esta rede é principalmente utilizada por profissionais em áreas muito ensolaradas devido ao seu preço elevado.

 

Dica: no jardim, devemos procurar uma área onde o sol não passe entre as 11 e as 17 horas e reservá-la para o nosso bonsai. Podemos também tirar partido do sistema de rega automática, se disponível, assegurando que cada bonsai recebe a quantidade de água necessária.

 

Num terraço ou varanda, podemos resolver o problema com um guarda-sol para proteger o bonsai durante as horas mais quentes.

 

Proteger o nosso bonsai com um sistema de sombreamento pode poupar água, mas tenha em conta que pode ser necessário regar duas ou várias vezes por dia quando as temperaturas são muito elevadas. Tudo depende do nível de humidade, podemos ter 35º centígrados com um nível de humidade de 90% e neste caso não há preocupações com a rega. O calor nem sempre é sinónimo de seca.

 

Portanto, apenas a parte de cima do torrão do bonsai nos indica se devemos regar ou não. Se começar a secar, é necessário regar, se estiver molhado, não é necessário regar.

Ler o artigo:  como regar o bonsai

O sombreamento do bonsai é uma segurança

 

Especialmente no verão, basta um único dia quente para perdermos árvores, não devemos esquecer de observar o ponta de murcha, a única altura em que ainda é possível salvar o bonsai, regando copiosamente. É fácil de detectar o momento em que as pontas dos ramos começam a murchar, é então necessário intervir urgentemente.

 

Numa fase mais avançada, será particularmente difícil recuperar o bonsai. É sempre possível tentar, após uma rega abundante claro, remover todas as folhas queimadas e secas, deixando apenas algumas, as mais verdes ou pelo menos as menos afectadas. Deixar sempre algumas folhas para ajudar o bonsai a recuperar a sua força, se removermos todas as folhas só o iria tornar ainda mais frágil.

 

 

 

 

Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2022

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1 UA-144250790-1