IBERBONSAI.pt ::
Contactos
Qtd:
0
Total:
€ 0,00
0
Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA
3 segredos para manter o bonsai em boa forma

 

                       Azalea japónica-iberbonsai-

3 segredos para manter o bonsai em boa forma.

A palavra bonsai é um termo genérico que significa uma árvore criada num vaso raso.

 

A seguir revelamos os três segredos fundamentais para manter facilmente um bonsai em boa forma, nomeadamente:

 

A Luz;

A Água;

A Fertilização.

 

O bonsai é antes de mais uma planta natural, por isso temos de olhar para o que a natureza nos ensina sobre o crescimento das árvores.

 

Para crescer, o bonsai precisa de água, luz, oxigénio, carbono e nutrientes.

 

O primeiro segredo é a luz.

 

A luz é a base da vida, tal como a água. É através da fotossintese que as plantas são capazes de viver, porque é a criação de energia sob a forma de carbono do ar em matéria orgânica.

 

O dióxido de carbono é removido da atmosfera por absorção directa na água e por fotossintese nas plantas.

 

A clorofila é o pigmento que absorve a luz no processo de fotossintese e é também o que dá às folhas a sua cor verde.

 

É a síntese de matéria orgânica, particularmente açúcares, da água retirada do solo pelas raízes e do dióxido de carbono captado do ar pelas folhas..

 

Esta reacção produz oxigénio que é libertado para a atmosfera.

 

A fotossintese desempenha um papel vital no nosso ambiente, produzindo matéria orgânica que é depois utilizada como energia química por toda a biosfera.

 

As plantas reduzem a quantidade de dióxido de carbono na atmosfera e, como já vimos num artigo anterior, cada bonsai que podemos possuir pode contribuir para ajudar a reduzir os níveis de dióxido de carbono e assim ajudar-nos a combater o aquecimento global.

 

As plantas procuram luz através de foto receptores na sua folhagem, por isso as plantas detectam fontes de luz. É por isso que o bonsai tende naturalmente a procurar a luz inclinando-se para ela.

É a razão pelo qual o bonsai de interior inclina-se frequentemente para o lado da janela, daí recomendamos sempre virá-lo de dois em dois dias, para garantir que cresce uniformemente.

 

Uma nota importante:

Há o chamado bonsai de interior e de exterior, assim como o bonsai de dupla localização.

 

A grande diferença é que o bonsai de interior não pode viver no exterior no inverno por causa do frio, não suporta a geada e morre.

 

Esta é a única razão que separa os dois tipos de bonsai.

 

Na realidade, não existe plantas de interior, qualquer planta é originalmente uma planta de exterior, na natureza o termo interior não existe. O que existe são diferentes condições climáticas onde encontramos áreas com estaçãoes quentes localizadas principalmente em torno do equador entre os trópicos ou perto dele, onde o clima é quente durante todo o ano e áreas com estações mais frias, regiões caracterizadas por temperaturas negativas, especialmente nas montanhas, onde as árvores perdem as suas folhas.

 

É portanto vital para o nosso bonsai saber se é um bonsai de interior, ou seja, que não tolera o frio, ou um bonsai de exterior que pode passar o inverno ao frio, protegendo-o claro, se a temperatura descer abaixo dos 5ºC negativos.

 

O segundo segredo é a água.

 

Nenhuma planta e portanto nenhum bonsai pode viver sem água. A água é essencial para a vida do bonsai.

Em média, uma planta é composta por 85% de água e esta água tem quatro funções essenciais na planta e por consequente no bonsai.

 

1- O Transporte;

A água entra pelas raízes levando todos os elementos que o bonsai necessita para se alimentar, isto é a seiva bruta.

Ao passar pelos caules, a água chega ás folhas e deposita os seus nutrientes, tornando-se seiva elaborada.

 

Mais de 90% da água das plantas é libertada para a atmosfera sob forma de vapor de água.

 

2- A Fotossintese;

 

A água alimenta o bonsai graças aos sais minerais retirados do substrato e aos açúcares recuperados. Estes açúcares são o resultado de uma combinação do dióxido de carbono que a planta absorve e da energia do sol. Os açúcares provenientes deste processo são chamados hidratos de carbono.

O bonsai absorve o dióxido de carbono do ar e liberta oxigénio, o que é muito importante para o ambiente.

 

Todas estas reacções são chamadas de fotossintese.

 

3- A Turgescência;

 

Isto é o que dá a planta a sua forma naturalmente. A água que entra na planta penetrando nas células que a compõem cria uma forma e permite que o caule permaneça direito e as folhas tomam o ângulo correcto para captar os raios de sol.

 

No caso do bonsai, intervimos para contrariar este fenómeno através da poda e especialmente através da aramação.

 

No caso oposta e como já vimos no caso do ponto de murcha, se o bonsai não tiver água suficiente, murcha e acaba por secar, já não consegue manter a sua estrutura.

 

4- A regulação da temperatura.

 

Tal como o corpo humano, o bonsai deve permanecer a uma certa temperatura.

 

A superfície das folhas é constituída por pequenos orifícios chamados poros, através dos quais entra dióxido de carbono e sai oxigénio e alguma água.

 

Os poros das folhas abrem e fecham, dependendo da temperatura.

Têm de estar abertos para deixar entrar o dióxido de carbono e assim deixar sair água, mas se não houver água suficiente, a folha fecha esses poros para poupar água, em contrapartida o dióxido de carbono já não entra e o bonsai já não se pode alimentar, murcha e perde as suas folhas.

 

É a evapotranspiração potencial que ajuda o bonsai a sobreviver em tempo quente, tendo naturalmente a quantidade de água necessária para isso.

 

Mas cuidado, em caso de frio intenso a folha é a primeira a sofrer as consequências, ficando queimada e eventualmente irá morrer.

 

O terceiro segredos é a Fertilização:

 

Sem uma nutrição adequada, o bonsai não viverá muito tempo.

 

Estando confinado num vaso muito pequeno, é portanto primordial fornecer os nutrientes necessários para que o bonsai sobreviva.

 

A fertilização é o processo de adição ao solo ou a qualquer outro meio de cultivo dos elementos indispensáveis para o desenvolvimento do bonsai.

Quer seja líquido ou sólido, químico ou orgânico, o fertilizante é o principal alimento do bonsai.

Mesmo com um substrato de muito boa qualidade como Akadama Hard Quality, o fertilizante continua a ser necessário, visto o substrato ser apenas um suporte de cultura e não contém quaisquer nutrientes..

 

Existem muitos substratos diferentes e alguns são enriquecidos com nutrientes, mas não aconselhamos este tipo de substrato, pelo contrário, um bom substrato para bonsai deve ser neutro, livre de sais minerais, macro e micro nutrientes para nos permitir gerir melhor o nosso plano de fertilização aplicado a cada espécie.

 

Devemos também lembrar que o fertilizante nunca deve ser aplicado sobre um substrato demasiado seco, uma vez que isso irá prejudicar o bonsai e afectar e até queimar as raízes secas.

 

Respeitando estes 3 segredos para manter o bonsai em boa forma,

Estamos certos de obter um resultado muito satisfatório que irá agradar ao seu obtentor.

 

 

 

 

 

Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2021

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1 UA-144250790-1