IBERBONSAI.pt ::
ContactosContactos
CarrinhoQtd:
0
Total:
€ 0,00
Entrar no Carrinho
Carrinho de Compras
0
Carrinho Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA
iberbonsai a estilização do bonsai

 

A estilização do bonsai

 

O bonsai não é uma planta anã nem uma planta com curvas por natureza, temos de intervir de diferentes formas para modelar um bonsai ou transformar uma planta em bonsai.

O bonsai não existe na Natureza, criamos bonsais a partir de plantas normais provenientes de sementeira, estacas, enxertia, pré bonsai ou yamadori, os quais trabalhamos utilizando técnicas especiais para mantê-las em tamanho reduzido. É o objectivo da estilização que conseguimos com as técnicas de sucessivas podas, transplantes regulares, aramação e a realização de madeira morta.

 

Chama-se a estilização do bonsai.

 

A estilização perdura no tempo, não se pode formar um bonsai de uma vez só, mas sim ao longo do tempo, ano após ano. Por exemplo no Japão, o bonsai passa de geração em geração, nunca está acabado o trabalho num bonsai e por isso é preciso ter uma paixão extraordinária pela arte. Temos de pensar que, mesmo com investimento muito reduzido, estamos a investir para as futuras gerações e ao mesmo tempo estamos a proveitar o melhor passa tempo que nos liga directamente à Natureza e que ajuda o meio ambiente, lutando contra o aquecimento global.

Cada bonsai no seu meio é um acréscimo na luta para proteger o nosso ecossistema.

 

Podemos formar um bonsai a partir de qualquer planta desde que seja lenhosa, existem vários estilos para formar o bonsai como podemos verificar no nosso Glossário do bonsai.

 

A estilização ou formação consegue-se principalmente com a poda, com as ferramentas apropriadas, a aramação com arame de cobre cozido ou de alumínio anodizado e criação de madeira morta como o jin shari por exemplo.

 

Ler artigo sobre a ferramenta para bonsai.

 

A formação de um bonsai nunca termina, todos os anos devemos proceder a determinadas tarefas a fim de obter o modelo e estilo pretendido.

 

Ver artigo sobre as tarefas e o calendário do bonsai.

 

- A poda do bonsai:

 

Existem dois tipos de poda do bonsai:

 

A poda de manutenção, mais leve que a poda de estruturação que equivale a cortar os ramos novos, regra geral quando o bonsai tiver seis folhas novas, deixar apenas as duas primeiras. A principal característica da poda de manutenção é de manter o aspecto visual do bonsai, conforme foi definido pela poda de estruturação.

 

A poda de estruturação ou de estilização consiste em definir as bases gerais do tronco e dos ramos principais, elementos decisivos para transmitir a percepção que o autor quer dar ao seu bonsai como a força, a elegância, a ligeireza, o movimento.

 

Poda que também pode ser realizada ao mesmo tempo que o transplante e assim aproveitar para conseguir o equilíbrio entre a parte aérea e a parte radicular.

 

Ler artigo sobre o transplante do bonsai.

 

A maioria das espécies de árvore transformadas em bonsai têm dominância apical, significa que o crescimento é favorecido nos brotos terminais, seja no ápice ou nas extremidades dos ramos, em detrimento dos outros ramos secundários mais baixos.

 

O objectivo principal da poda de estruturação é a estética do bonsai, provocando uma nova rebentação mais compacta e sobretudo mais perto dos ramos primários de forma a equilibrar a entrada da luz e dar mais vitalidade aos ramos mais baixos e de segundo nível.

 

Estamos assim a melhor distribuir  a energia no conjunto dos ramos a partir do início da árvore e não no fim, como acontece na Natureza por razões de sobrevivência.

 

Na Natureza é a árvore mais alta e mais forte que sobrevive ao contrário da mais pequena e mais débil que acaba por morrer.

 

Ler artigo sobre as florestas para perceber melhor.

 

Nos bonsais temos a possibilidade de remediar esse problema, reequilibrando as forças e a energia através da poda de estilização.

 

A poda regular dos ramos têm como finalidade o aumento do número de brotos e visto as raízes estarem limitadas num espaço no vaso, o bonsai deve repartir a energia em direcção a uma maior quantidade de folhas, que ficam assim cada vez mais pequenas.

 

È a lei da proporção, quanto mais folhas houver para alimentar, mais pequenas se tornam, é um fenómeno natural, mas que podemos ajudar a provocar.

 

Aplicar uma pasta cicatrizante nos cortes maiores ajuda na cicatrização e impede a entrada de fungos.

Ler artigo sobre a cicatrização do bonsai.

 

 

- A aramação do bonsai:

 

A aramação é um dos principais métodos para dar forma a uma planta para transformá-la em bonsai.

A aramação do bonsai consiste em enrolar um arame de alumínio anodizado ou de cobre cozido em volta do tronco ou de um ramo para modificar a sua direcção, tendo em vista a definição da forma pretendida. Utilizamos o arame para formar bonsais em estilo moyogi entre outros, estilo erecto informal com várias curvas que iniciam na base diminuindo até ao ápice.

 

Ler artigo sobre a aramação do bonsai.

 

 

- A madeira morta:

 

A criação de madeira morta no bonsai tem por objectivo melhorar a estética, tem de ser realizada de maneira ponderada e respeitando o aspecto natural, pois na Natureza a madeira morta numa árvore é o relato da vivência e respectivas fatalidades ao longo do tempo devido à seca extrema, vento, gelo, neve, raios.

 

É nisso que devemos pensar na realização de madeira morta no nosso bonsai, o resultado final é a representação em miniatura das condições climáticas difíceis que uma árvore pode sofrer nas montanhas ou em penhascos íngremes.

Não esquecer que tanto a formação do bonsai como a realização de madeira morta nunca irá ter um resultado imediato, só o tempo trará resultados satisfatórios e mais naturais.

 

O vento, o sol, a água são os principais factores que irão dar o toque natural ao bonsai com o tempo.

 

Nem todas as espécies de árvores são propícias para a realização de madeira morta, têm que ser árvores de madeira dura e regra geral árvores perenes. O mais utilizado e também mais espectacular é o juniperus chinensis, é o bonsai de referência para a madeira morta.

 

É importante referir que os bonsais para a realização de madeira morta, têm que ser árvores muito saudáveis, pois a prática do jin-shari enfraquece a planta e pode causar stress irreversível. A época favorável para a realização de madeira morta é no Outono-Inverno quando a vegetação está quase parada, assim não fragilize o bonsai.

 

Jin é uma parte descascada do galho, é a técnica que consite em tirar a casca num ramo ou parte de ramo que não seja vital para o bonsai, cujo objectivo é aparentar padecer de condições climáticas extremas.

 

Shari é uma parte sem casca do tronco, é a mesma técnica mas aplicada ao tronco da árvore, por vezes de forma tão intensa que podemos ver uma parte muito reduzida da casca original alimentar a árvore.

 

Ler artigo sobre jin shari em bonsai.

 

A criação de um bonsai é uma arte em si, temos que respeitar algumas regras fundamentais para obter um resultado respeitável onde predomine o equilíbrio em primeiro lugar, qualquer projecto implica no fim, uma obra com elegância e sobretudo agradável à contemplação. Qualquer pessoa pode criar o seu próprio bonsai, ao seu estilo, é como pegar numa tela e um pincel e começar a pintar, a técnica deve servir a imaginação de cada um.

 

Na iberbonsai fornecemos todo o material necessário para realizar qualquer projecto pessoal e todas as indicações práticas para conseguir o melhor resultado. É o objectivo do nosso blog técnico e posts e estamos sempre disponíveis para ajudar em qualquer situação, seja por email ou directamente no nosso viveiro que abrimos sempre ao fim de semana ou por marcação prévia durante a semana.

 

Não há motivo para ter receio e começar esta arte magnífica que nos aproxima ao máximo da Natureza e nos liberta o espírito, é um excelente passa tempo e sobretudo muito saudável para a mente.

 

Ver onde estamos.

 

Em resumo e graças às técnicas de estilização:

 

O bonsai não é apenas uma planta desenhada pela poda ou aramação, mas é sobretudo uma verdadeira obra de arte.

 

Topo
Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2023

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1 UA-144250790-1