IBERBONSAI.pt ::
Contactos
Qtd:
0
Total:
€ 0,00
0
Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA

ÁREA DE CLIENTE

963 907 899

SAIBA MAIS

NOVIDADES

Conheça as nossas novidades

NEWSLETTER
bonsai azálea japónica

 

 

Azálea Japónica nº 353 - iberbonsai-fevereiro 2012-

 

Bonsai Azálea Japónica - rododendron obtusum.


 

Originária do Japão, a Azálea Japónica é caracterizada pelas suas pequenas folhas e abundantes flores em trompetas e de inúmeras cores como vermelho, rosa, roxo, branco, lilás.


 

Particularidades da Azálea Japónica:

 

O bonsai Azálea Japónica pertence ao gênero Rododendron, que possui cerca de 1000 espécies de Ásia, Europa, América do Norte, em florestas uniformes ou mistas, decíduas où coníferas.

 

Botanicamente, as azáleas são todos rododendrons com uma ligeira diferença hortícola:

 

- os rododendrons caducifólios, que pertencem à espécie Rododendron mollis, chamados azáleas caducifólias, ou azáleas da China;

 

- os rododendrons mais pequenos, com pequenas folhas e pequenas flores, são as azáleas vendidas como plantas de interior, mas que não são resistentes, denominadas Rododendron indicum ou azáleas de floristas e as azáleas do Japão que são resistentes intituladas Rododendron obtusum.


 

 

Azálea Japónica nº 3118 iberbonsai-junho-2009-

 

 

Na natureza o rododendron cresce até aos 30 metros de altura e encontra-se até os  6.000 metros de altitude nos himalaias, com folha caduca ou perene e com flores de quase todas as cores de 1 até 15 cm de largura.

 

Existem dois tipos de bonsais azálea: azálea japónica (rododendron obtusum - tsutsuji) e Azálea Satsuki (rododendron indicum).

 

A palavra Satsuki corresponde ao quinto mês do antigo calendário lunar oriental e coincide com o nosso mês de Junho, é o mês de floração da Azálea Satsuki. Esta azálea florece muito tarde no Japão, mas nos paises tropicais a floração chega mais cedo, a partir de Março.

 

Satsuki é um nome masculino e na linguagem comum as pessoas dizem um satsuki.

 

O bonsai azálea japónica proporciona uma espectacular e generosa floração na primavera durante várias semanas.


 

Poda de formação do bonsai azalea japonica:

 

A poda de formação do bonsai azálea japónica ocorre nos primeiros 2 ou 3 anos, durante a brotação, consiste em pinçar (apertar) os brotos com as unhas, logo acima de uma folha para proporcionar uma forte e intensa ramificação que dará origem a uma profusão de flores.

 

A pinçagem deve ser repetida durante toda a primavera para conseguir um resultado satisfatório, tem a vantagem de fortalecer o bonsai que ficará mais compacto, mais robusto e sobretudo produzirá muito mais flores.

 

O bonsai azálea japónica pode ser podado praticamente ao longo de todo o ano, por norma convém podar logo a seguir à floração para manter o equilíbrio e uma forma natural, durante o resto do ano, basta cortar os rebentos maiores para conservar o formato definido.

 

Nota: convém podar a seguir à floração mas com o cuidado de deixar sempre os brotos que darão as flores no ano seguinte.


 

Além da sua espetacular floração, o bonsai azálea japónica é sobretudo cultivado pelo seu nebari, apenas alguns milímetros de diâmetro por ano, fica incrível e fantástico.

 

 

azálea japónica flor -iberbonsai-fevereiro de 2009

 

 

O que é o nebari?

 

Expressão japonesa que significa raízes rasantes, na natureza um dos aspetos mais bonitos de uma árvore são as raízes que transmitem a força desenvolvida para segurar a árvore ao solo.

 

Chama-se nebari a base do tronco juntamente com as raízes superficiais.

 

Para obter um bom nebari temos que realizar transplantes frequentes para dirigir e ordenar as raízes de forma equilibrada, a ideia principal é dispor as raízes em forma de estrela e impedir que elas se cruzem.

Podemos cortar, moldar e direcionar as raízes principais e secundárias para tentar obter um resultado satisfatório no tempo com a melhor conicidade possível da base do tronco.

 

O nebari é fundamental na concepção do bonsai, mais que a parte aérea, porque é nele que focamos o nosso olhar para comparação com a natureza.

Quanto mais bonito o nebari, mais velho parece o nosso bonsai.

 

azalea japonica iberbonsai-nº3116-junho de 2009

 

 

 

O bonsai Azálea Japónica merece com toda a franqueza um lugar de excelência em qualquer coleção de bonsai.

 

AVISO: muito cuidado na hora de aramar, os ramos da Azálea Japónica são muito frágeis e podem quebrar com muita facilidade dificultando a colocação do arame.

  

Saiba mais sobre "Como cuidar do bonsai de exterior"

 

Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2021

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1 UA-144250790-1