IBERBONSAI.pt

::
Contactos
Qtd:
0
Total:
€ 0,00
0
Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA
iberbonsai-celtis-sinensis-

celtis sinensis de Charles S. Ceronio (South Africa)

 

o bonsai celtis sinensis

 

O bonsai Celtis Sinensis (Chinese Hackberry) é bastante apreciado pelas suas  numerosas ramificações muito finas, sendo de fácil cultivo é um bonsai recomendado para principiante.

Com folhas verde cinzento, ovaladas e dentadas de 3 a 10 cm de comprimento que ficam amarelo dourado antes de caírem. É também uma importante fonte de pólen para as abelhas.

A casca do bonsai celtis sinensis é cinzenta e lisa enquanto os ramos ficam castanho/avermelhados

 

 

celtis sinensis folhas novas  - iberbonsai -

 

O bonsai celtis sinensis pertence à família dos ulmus e zelkova, possui folhas verde tenro, ovais e dentadas. A flor  verde e bisexuada do celtis sinensis é quase insignificante e nasce na axila da folha, na primavera. As drupas (frutos)  de 0,5 a 1 cm de tonalidade verde a vermelho, que em princípio se formam no verão, são muito raros no bonsai celtis sinensis, já que temos de podar para diminuir o crescimento excessivo dos ramos.

Na natureza o celtis sinensis cresce até 15 metros de altura e prefere um clima ameno onde crescerá com mais facilidade, além disso é uma árvore que aguenta bem a poluição.

 

O bonsai celtis sinensis e o adubo:

Os ramos do bonsai celtis sinensis crescem com muita rapidez, são veludos e podem ficar muito compridos, obrigando a intervir com frequência com poda rigorosa. Podemos conter o desenvolvimento dos ramos reduzindo o azoto na formulação do adubo, relembramos a seguir à importância e o papel de cada nutriente conforme o nosso artigo sobre a fertilização do bonsai:

O adubo é composto por três elementos básicos

o Azoto (N) = crescimento e coloração da folhagem;

O ácido fosfórico (P), melhora o crescimento radicular e aumenta a floração bem como a frutificação;

O Potássio (K) : ajuda na assimilação do Azoto (N) e é um factor essencial na defesa natural do bonsai

 

 

celtis sinensis folhas novas - iberbonsai -

 

 

A poda do bonsai celtis sinensis:

A poda de formação realiza-se no inverno já com o bonsai sem folha, em princípio uma a duas semanas a seguir à queda das folhas, é a altura de cortar os ramos mais fortes para estruturar o bonsai e definir as linhas gerais.

A poda de manutenção consista em efetuar a pinçagem na primavera retirando com os dedos a ponta do broto e deixando as duas folhas pequenas, caso não se realiza esta operação com a madeira tenra, teremos que cortar com uma tesoura, mas sempre deixando as duas folhas.



celtis sinensis de Wu Hsiao Feng (Argentina)

 

 

Estilo:

Por norma, o bonsai celtis sinensis é formado no estilo ereto formal ou informal, transplantado em vaso baixo e fino nos primeiros anos ou em vaso mais corpulento com a idade e tronco mais grosso, mas cuidado com a cor do vaso e não esquecer que a folha vai ficar amarela no outono.

 

 

Transplante:

O transplante efectua-se desde o fim do ano até fim de fevereiro, quando o bonsai celtis sinensis já se encontra-se sem folha, o substrato indicado é akadama hard quality.

É uma argila japonesa de origem vulcânica, composta por grãos reconstituídos e sem nutrientes, com drenagem perfeita, conserva a humidade, deixa circular o ar e a água, retém os nutrientes que, como já vimos, são elementos fundamentais para o crescimento do bonsai.

Relembramos aqui que exigimos muito do substrato porque é a base para conseguir o bom desenvolvimento do bonsai. As principais qualidades encontram-se na drenagem e na aeração (fatores primordiais para a criação de raízes finas), na capacidade de retenção da água e dos nutrientes.

 

 

 

Aramação:

 

Poda-se colocar o arame na primavera, sem esquecer que o celtis sinensis é muito vigoroso e sendo assim, obriga a vigiar com frequência para não deixar o arame marcar a casca do bonsai.






celtis sinensis folha detalhes - iberbonsai -

 

 

Multiplicação:

 

De sementeira: taxa média de sucesso de 50%, numa primeira fase convém fazer a estratificação fria a 3ºC/5ºC durante 120 dias, a estratificação consista em guardar as sementes num meio específico, por exemplo 50% de turfa com 50% de areia, com uma taxa de humidade de +/- 15% (15 cl de água por 1 litro de mistura) num local frio. A estratificação a frio ajuda a semente a sair do período de “dormência” fragilizando o caroço, que fica mais quebradiço..

 

 

A seguir poderá realizar a sementeira, na primavera e à 20ºC, em terrinas com uma mistura de areia fina (30%) com turfa fina ou substrato resultando da decomposição de folhas de carvalho ou de fagus (70%).

 

A sementeira é a melhor maneira de obter um nebari perfeito, contrariamente ao método de estacas e alporquia.

 

As sementes devem ser conservadas sempre fechadas, sem apanhar humidade, na gaveta da fruta e legume do frigorífico.

 

A sementeira é a parte mais difícil na obtenção de um bonsai desde o início.

 

Como já dissemos, o bonsai celtis sinensis é de fácil cultivo , é recomendado para iniciante nesta arte, mas com paciência e muita dedicação podemos conseguir exemplares espectaculares.

Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2020

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1