IBERBONSAI.pt ::
Contactos
Qtd:
0
Total:
€ 0,00
0
Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA
iberbonsai-o-pré-bonsai-

 

pré-bonsai de oliveira europaea sylvestris 8 anos - iberbonsai

 

O pré bonsai

 

Na iberbonsai produzimos e colocamos à disposição dos nossos clientes várias espécies de pré bonsais, como oliveira, macieira, gingko biloba, quercus suber, quercus faginea, carpinus, prunus, liquidambar, fagus etc… 

Todos os nossos pré bonsais provém das nossas  mudas, de estaca ou de sementeira, só assim teremos a garantia de uma importante ramificação de raízes mais finas e consequentemente conseguir um bom nebari.

Os nossos pré bonsais são cultivados em vaso de plástico de três litros, o que permite um excelente desenvolvimento radicular, é o tamanho ideal para o crescimento regular e proceder ao transplante em vaso bonsai.

O que é um pré bonsai ?

Um pré bonsai é uma planta susceptível de ser transformada em bonsai, quer isso dizer que, com ferramenta adequada e arame, podemos definir um estilo de árvore em miniatura mais parecido com um espécime na natureza.

O pré bonsai é uma pequena árvore com alguma particularidade, que pode gerar um magnifico bonsai, para isso é necessário alguma imaginação, tempo e dedicação. 

Por vezes, basta apenas criar algumas curvas, aramar ramos maiores, dirigi-los para formar o estilo desejado e podar os ramos mais finos para ter um aspecto de “bonsai”.

Ler mais sobre a aramação de bonsai >

O pré bonsai não se consegue de um momento para o  outro, mas sim ao fim de alguns anos, pelo menos quatro a cinco anos são necessários para ter um resultado satisfatório e muito mais anos para obter um verdadeiro bonsai.

Os nossos pré bonsais são re-envasados a cada dois anos, esta operação permite-nos seleccionar as raízes, cortando e reduzindo as principais e escolhendo as mais finas.

A poda das raízes é também importante nesta fase, é graças ao corte e à respectiva redução das raízes principais que podemos conseguir o aumento do volume das raízes secundárias, mais finas. De facto o bonsai, contrariamente a uma árvore na natureza, não necessita de raízes grossas para ficar “preso” ao solo, mas sim de uma multitude de raízes secundárias para ajudar no desenvolvimento de uma ramificação mais intensa e mais fina. 

 

O facto de limitar o desenvolvimento de raízes principais também ajuda a favorecer o alargamento do nebari, (expressão japonesa que significa raízes rasantes).

Na natureza um dos aspetos mais bonitos de uma árvore são as raízes que transmitem a força desenvolvida para segurar a árvore ao solo. 

 

Chama-se nebari a base do tronco juntamente com as raízes superficiais.

 

 

A poda de estruturação propriamente dita acontece ao fim de quatro a cinco anos, quando começamos a reduzir drasticamente os ramos mais compridos, ano após ano, sempre com um corte angular para ajudar na cicatrização, provocar uma nova rebentação e favorecer a conicidade .

Graças às sucessivas podas e pinçagem conseguimos dar movimento e conicidade ao nosso pré bonsai, ocasionando o nascimento de ramos cada vez mais finos.

Todos os ramos e galhos que nascerem na base do nebari são definitivamente eliminados.

 

Como conseguir um bonsai a partir de um pré bonsai ?

Para já temos que imaginar o que queremos, a forma,  o estilo e fazer um desenho para ter uma ideia do resultado final e um mapa dos trabalhos durante o ano. Atenção, o bonsai é uma planta viva e sempre em crescimento, portanto pense bem e a melhor coisa que um bonsaista pode fazer é observar a evolução da árvore e acompanhá-lo em tempo real.

Algumas árvores são mais vigorosas que outras, obrigando a intervenções mais regulares e sobretudo mais profundas e severas.

A primeira fase é o transplante, consiste em reduzir drasticamente o torrão para adaptá-lo ao vaso de bonsai escolhido. Essa operação deve ser feita no inverno, quando as árvores não tem folha. Quanto mais cortarmos as raízes, mais teremos de reduzir a parte aérea, por exemplo se reduzirmos  30% da parte radicular, teremos que reduzir igualmente 30% a ramificação na parte aérea.

Ler mais sobre o transplante >

A seguir realizamos a poda de estruturação que consiste em definir as bases gerais do tronco e dos ramos principais, elementos decisivos para transmitir a percepção que o autor quer dar ao seu bonsai: força, elegância, ligeireza, movimento… poda que também pode ser realizada ao mesmo tempo que o transplante e assim aproveitar para conseguir o equilíbrio entre a parte aérea e a parte radicular. 

Como já vimos, já corrigimos algumas defeitos com a poda do pré bonsai, mas sabemos que a maioria das espécies de árvores transformadas em bonsai tem dominância apical, significa que o crescimento é favorecido nos brotos terminais, seja no ápice ou nas extremidades dos ramos, em detrimento dos outros ramos secundários mais baixos, por isso temos de continuar esse processo.

           

O objetivo principal da poda de estruturação, é a estética do bonsai, provocar uma nova rebentação mais compacta e sobretudo mais perto dos ramos primários   de forma a equilibrar a entrada da luz e dar mais vitalidade aos ramos mais baixos e de segundo nível.

 

Estamos assim a melhor distribuir a energia no conjunto dos ramos a partir do início da árvore e não no fim, como acontece na natureza por razões de sobrevivência.

 

Na natureza é a árvore mais alta e mais forte que sobrevive ao contrário da mais pequena e mais débil que acaba por morrer.

 

Ler mais sobre as florestas por perceber melhor.

 

No bonsai temos possibilidade de remediar  esse problema, reequilibrando as forças e a energia através da poda de estruturação.

 

A poda regular dos ramos tem como finalidade o aumento do número de brotos e visto as raízes estarem limitadas num espaço reduzido no vaso, o bonsai deve repartir a energia em direcção a uma maior quantidade de folhas, que ficam assim cada vez mais pequenas.

 

É a lei da proporção, quanto mais folhas houver para alimentar, mais pequenas se tornam  é um fenômeno natural, mas que podemos ajudar a provocar.

 

O pré bonsai é um bom investimento, excelente para começar no mundo dos bonsais.       

Uma planta saudável é fundamental para conseguir um bonsai de qualidade, a utilização de um substrato de qualidade como a Akadama hard quality e uma boa fertilização são meio caminho andado para o sucesso.   

Saiba mais sobre Akadama


 

Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2020

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1