IBERBONSAI.pt ::
Contactos
Qtd:
0
Total:
€ 0,00
0
Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA
iberbonsai-bonsai-tropical-

Bonsai Tropical

 

O bonsai tropical é um bonsai de interior, precisa de muita luz, (junto de uma janela), mas não gosta de sol directo.

Convém virar o bonsai tropical periodicamente para assegurar um crescimento regular da rama.

Afastá-lo dos pontos fortes de calor, evitar os excessos de  temperatura e as correntes de ar.

 

A temperatura ideal para o bonsai tropical situa-se entre os 14º e os 25ºC.

Rega do bonsai tropical

 

Varia segundo a época do ano. Deixar secar a terra à superfície da taça antes da próxima rega.  Regar com um regador de ralo fino.

 

Ou para os menos experientes, introduzir a taça completamente na água durante alguns minutos.

Vaporizar a folhagem no verão, nos dias mais quentes aconselha-se a vaporização várias vezes ao dia.

A rega do bonsai tropical e a vaporização devem ser feitas com água limpa:

(a água da rede pública deve repousar de um dia para o outro).  A humidade ambiental deve ser superior a 70%.

 

 

Fertilização do bonsai tropical

 

 

Aplicar um adubo especial para bonsai em pequenas quantidades, uma tampa num litro de água uma vez por semana até Junho e de 15 em 15 dias no verão e um adubo orgânico no Outono  / inverno.

Aplicar  vitaminas  só e quando necessário, a seguir ao transplante ou em caso de debilidade.

Não é um substituto do adubo mas sim  um complemento indispensável para uma vida saudável do bonsai.  

Aplicar igualmente de maneira preventiva um produto fitossanitário a fim de deixar o bonsai livre de insetos e doenças.

 

ler mais sobre a fertilização do bonsai

 

Poda do bonsai tropical

 

 

A poda do bonsai, porquê, como e quando?

 

A poda do bonsai é uma intervenção imprescindível.

 

Porquê podar o bonsai?

 

O bonsai é uma planta natural e mesmo que esteja limitado num pequeno vaso irá sempre crescer e desenvolver-se, é um fenómeno natural. A mesma planta cultivada na terra irá crescer em altura e poderá atingir um porte exceptional. 

No espírito do bonsai, temos que manter a planta numa escala reduzida para imitar um exemplar na natureza.

A poda faz parte do processo de miniaturização da planta em conjunto com o reduzido espaço deixado no vaso.

 

Atenção: não convém fazer a poda de manutenção dos pinus e juniperus com tesoura ou qualquer outra ferramenta, pode deixar marcas indesejáveis, é preferível efectuar a “pinçagem em verde” com os dedos, consiste em cortar os brotos com as unhas. 

 

 

 

 

iberbonsai - poda de manutenção do bonsai

 

 

 

Como podar o bonsai?

 

Existem dois tipos de poda:

 

A poda de estruturação que consiste em definir as bases gerais do tronco e dos ramos principais, elementos decisivos para transmitir a percepção que o autor quer dar ao seu bonsai: força, elegância, ligeireza, movimento… poda que também pode ser realizada ao mesmo tempo que o transplante e assim aproveitar para conseguir o equilíbrio entre a parte aérea e a parte radicular.  

 

A poda de manutenção, mais leve que a poda de estruturação que equivale em cortar os ramos novos, regra geral quando o bonsai tiver seis folhas novas deixar apenas as duas primeiras. A principal característica da poda de manutenção é de manter o aspecto visual do bonsai, conforme foi definido pela poda de estruturação.

 

 

 

Quando podar o bonsai?

 

Em Portugal a poda de estruturação realiza-se de Dezembro até fim de Fevereiro, em regra geral aproveita-se o estado de seiva descendente ou estagnante (afim de não desperdiçar a seiva).

 

Nunca se deve podar uma árvore debilitada.

 

O ideal é efetuar a poda uma ou duas semanas após a queda das folhas nas caducas..

 

A poda de manutenção pode ser praticada a qualquer momento do ano, consoante a espécie e as respectivas condições ambientais (interior ou exterior).

 

Aplicar sempre uma pasta cicatrizante nos cortes maiores, ajuda a cicatrização e impede a entrada de fungos.

 

 

 

 

 

Tesoura Grossa 190 mm Japão - iberbonsai

 

 

Nota: seja na poda de formação ou de manutenção, devemos sempre cortar o ramo acima de um broto que vai crescer do lado exterior da árvore e não do lado interior (em direção ao tronco principal) para evitar que os ramos se cruzam entre eles ou que prejudicaria a estética do bonsai.

 

A poda das raízes é também importante na fase do transplante, é graças ao corte e à respectiva redução das raízes principais que podemos conseguir o aumento do volume das raízes secundárias, mais finas. De facto o bonsai, contrariamente a uma árvore na natureza, não necessita de raízes grossas para ficar “preso” ao solo, mas sim de uma multitude de raízes secundárias para ajudar no desenvolvimento de uma ramificação mais intensa e mais fina. 

O facto de limitar o desenvolvimento de raízes principais também ajuda a favorecer o alargamento do nebari, (expressão japonesa que significa raízes rasantes).

Na natureza um dos aspetos mais bonitos de uma árvore são as raízes que transmitem a força desenvolvida para segurar a árvore ao solo. 

Chama-se nebari a base do tronco juntamente com as raízes superficiais.

 

 

 

 

Para realizar um bom trabalho devemos utilizar a ferramenta apropriada :

 

- tesoura fina de poda, para aceder dentro da copa do bonsai, ou

- grossa para cortar ramos maiores ou cortar raízes na fase de envasamento.

- Alicate de corte côncavo para retirar gomos junto ao tronco para não crescer mais, Alicate côncavo recto para disfarçar o corte nos ramos. Tesoura-Pinça ou desfolhador para retirar as folhas nos bonsais como Aceres, Liquidambar…

 

Qualquer ferramenta deve estar sempre limpa para não transmitir ou propagar doenças, utilizar um óleo fino para lubrificar  ajuda a manter e a prolongar a vida da ferramenta.

 

 

Em conclusão, a poda do bonsai faz parte do trabalho contínuo 

e indispensável para uma boa sanidade da planta , é por isso um passatempo extraordinário, relaxante e estimulante que nunca tem fim é muito gratificante ver o bonsai crescer e desenvolver-se, de acordo com o talento de cada um.

 

A poda do bonsai é sinônimo de "ARTE".

 

ler mais sobre a "poda de estruturação"

 

 

 

Transplante do bonsai tropical

 

De Dezembro a Março e de 2 em 2 anos. Apenas quando o torrão ficar coberto de raízes.

Cortar 20 a 25% das raízes com uma tesoura especial, limpar as raízes com um ancinho e substituir a terra antiga por uma terra especial bonsai (Akadama).

 

 

  Dicas  para manter o bonsai  tropical                  

 

 

  LUZ      

Pouca luz: Floração escassa ou nula. Folhas inferiores amarelas. Grande separação entre as folhas. Folhas pálidas e moles.

 

Muita luz:   As folhas murcham. Folhas retorcidas. Manchas secas de côr castanhas.

 

 ÁGUA   

 

Pouca Água:  Queda das flores. Folhas amarelas com bordos secos e castanhos. Folhas molas, crescimento nulo.

 

Muita Água:  Flores meladas. Folhas amarelas com pontas castanhas. Folhas moles e podres de cor muito escura.

                     Substrato melado.  

 

  CLIMA    

Muito frio:  Floração nula, Folhas pálidas. Folhas retorcidas e castanhas.

 

 

Muito calor:  Queda das flores. Folhas murchas, Cor verde-claro.

 

 

  FERTILIZAÇÃO

 

Muito adubo:  Nos dias seguintes caiem as folhas de cor castanhas. Folhas muito grandes.

 

Pouco adubo:   Manchas de cor brancas ou amarela, de forma irregular nas folhas.

                          Nervura da folha verde e o restante amarelo.

 

Pragas e doenças do bonsai tropical

 

Regra geral se o bonsai tiver boas condições  Luz,Água e Nutrientes não precisa de cuidados adicionais.  

Aplicar um insecticida quinzenalmente de modo preventivo.

 

Caso exista infestação aplicar um insecticida especial para bonsai e repetir 7 a 10 dias depois para eliminar qualquer insecto que ainda possa existir.

Se existirem outras plantas em casa certificar-se que estas estão livres de pragas para não contaminar o bonsai.

 

Cochonilha

 

 

Insecto envolto em algodão branco que se esconde nas partes mais difíceis. Assim que detectar a presença destes insectos isolar de imediato o bonsai.

Limpar com uma escova de pêlos macios todas as partes infestadas e aplicar um insecticida anti-cochonilha. Repetir a aplicação  7/10 dias depois até à eliminação total dos insectos.

 

Respeitar sempre a distância de pulverização indicada no produto para evitar queimaduras nas folhas do bonsai. Utilize sempre embalagens sem gás.

 

 

 

Ajudar o planeta compete a cada um de nós.

 

 

Quais os cuidados a ter com as doenças do bonsai tropical?

 

 

Manter sempre a alimentação do bonsai tropical o mais equilibrado possível. Os adubos especiais para bonsai contém  os nutrientes  e micro-nutrientes suficientes para um bom equilíbrio.

 

Por esta razão, tenha muito cuidado antes de aplicar qualquer suplemento, porque corre o risco de desequilibrar a fórmula do adubo. Só assim se podem evitar doenças .

 

Evite ao máximo a aplicação de produtos de tratamento (produtos fitofarmacêuticos) para não poluir  o meio ambiente.

 

Iberbonsai  respeita a Natureza.

 

Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2020

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1